Os poderes do Feng-shui

Por Clube Esotérico      23/06/2017 13:50:37    
Uma arte milenar que tem seus preceitos aliados à tradição precisa ser modernizada? Alguns seguidores de Feng Shui dizem que sim: a casa contemporânea pode se beneficiar dele, mas de forma atualizada. Separamos oito conceitos desta arte que são fáceis de seguir sem comprometer a modernidade do espaço – com criatividade, experimentar cada um deles se torna um processo divertido. Confira:

1. Conheça o baguá

O primeiro passo para incorporar o Feng Shui em qualquer casa é conhecer o baguá – um mapa dos centros de energia da residência e dos cômodos. Ele é um octógono dividido em nove segmentos que influenciam sua vida, conforme o esquema abaixo:

BAGUA



O Feng Shui é baseado na forma como moldamos a energia que se move por nossas casas. Essa energia é chamada de chi e é influenciada pelos objetos colocados em cada área do décor. Ou seja: algumas peças impedirão que o chi circule livremente e beneficie aquele ponto de sua vida, enquanto outros favorecerão o movimento.

Existem duas maneiras de entender a casa de acordo com o baguá: analisá-lo de acordo com a rosa dos ventos, com a área do Trabalho posicionada no norte, ou posicionar a mesma área na entrada da residência e de cada um dos ambientes. Assim você entende melhor como sua casa funciona e de quebra descobre a razão por um certo objetivo ou projeto seu não estar indo tão bem!

2. Entenda a posição de comando

Cada ambiente tem um propósito e, seguindo-o, um móvel que melhor o representa. Estes geralmente são camas, mesas e grandes peças de mobiliário e devem sempre estar na posição de comando.

Imagine-se como o chefe de uma grande empresa antes de posicionar esses móveis! Seu escritório, por exemplo, é focado na mesa: esta deve estar bem no centro, de forma que seja destaque no espaço e você nunca fique de costas para a porta.

quarto-neutro-com-cabeceira-de-madeira-Capital Building
O conceito aplicado ao quarto, porém, é um pouquinho diferente – ao mesmo tempo em que você deve poder ver a porta quando na cama, ela nunca pode estar diretamente em frente à entrada.

3. Objetos pesados no teto ou parede acima da cama são perigosos!

O Feng Shui te aconselha a não correr riscos pendurando peças pesadas próximas à sua cabeceira. Além do bom senso – já que se mal instalados, os objetos podem cair – a presença de peças pesadas sob nossas cabeças causa ansiedade e preocupação em nosso subconsciente.

Outro detalhe a ser evitado são os espelhos na cabeceira. Eles refletem a energia para longe da cama, quando suas qualidades deveriam ser concentradas ali!

4. Mantenha água corrente em sua área da prosperidade

Está precisando de um dinheiro a mais? Para garantir que o mês não termine no vermelho, a dica é manter água corrente no quadrante da prosperidade!

exterior-paisagismo-mesa-com-fonte-de-água-Rolling Stone Landscape
A maneira como ela será inserida depende de sua imaginação: se você sempre sonhou em ter um aquário, esse pode ser o momento. Pequenas fontes e outras peças que envolvam água também podem trazer dinâmica ao décor.

5. Não coloque obstáculos diretamente na entrada de casa

O fluxo de energia da rua para dentro de casa é muito importante no Feng Shui. O objetivo dessa área é proteger sua casa da energia agitada de fora, ao mesmo tempo em que dá boas-vindas aos visitantes.

Por isso você pode –e deve – incluir um paisagismo caprichado e até mesmo vasos na entrada, mas nunca diretamente em frente à região da porta. Se houver um jardim, um caminho levemente curvo é sempre preferido em relação aos retos, deixando o espaço externo mais fluído.

6. Inclua todos os elementos em cada quarto da casa

Sim, o Feng Shui é adepto do minimalismo, mas ao mesmo tempo você precisa de algo que represente cada um dos elementos naturais – ar, água, madeira, terra e metal – em cada ambiente. Lembre-se sempre, porém, de ter cuidado especial com o banheiro. Ele deve ser tradado de maneira diferente, como explicado em nossa matéria sobre o assunto.

Lareira-com-elementos-d-Feng-Shui-Reiko
Os elementos não precisam estar no ambiente literalmente, é claro. Algumas trocas podem tornar a busca por eles divertida e criativa: vidros ou espelhos podem substituir a água, uma luminária ou vela tomam o lugar do fogo e vasos de cerâmica representam a terra. Com atenção ao seu estilo de décor e seu gosto pessoal, tentar incluir estes elementos deixará o cômodo mais aconchegante e equilibrado.

7. Sempre feche a porta do banheiro

Já comentamos como o Feng Shui do banheiro é delicado – o ambiente pode, literalmente, fazer a energia boa de casa ir ralo abaixo! Para evitar esse terrível acidente, nunca se esqueça de abaixar a tampa do vaso sanitário e deixar a porta fechada.

8. Use sua intuição

Quando você começa a estudar o Feng Shui, percebe que vários preceitos são bem lógicos. Colocar coisas acima da cabeça enquanto dorme, por exemplo, é um risco que não é complicado de perceber. Geralmente, cantos e coisas afiadas remetem ao perigo e também devem ser evitados. Plantas morrendo em qualquer área da casa, então? Não precisamos nem dizer o que isso significa.

Alidando o baguá à sua intuição, é fácil perceber como certos objetos influenciam a morada e saber como aplicar o Feng Shui para curar os problemas do ambiente!

Comente

2017 Copy - Clube Esotérico - Todos os Direitos Reservados

Plataforma para clubes: Plataforma para Clube de Assinaturas